O retorno

Como é difícil manter-se focado em perder peso… Mais uma vez estou aqui, para o recomeço. Sem promessas, mas com ações…

Desde 23/03 que estou novamente engajada em perder peso. O que tem diferente dessa vez? Não sei, mas sinto-me focada. É como se dessa vez quero mais do que das outras vezes…

Por que só retomei o blog, mais de um mês depois? Por falta de tempo ou por vergonha. Mas achei que era necessário. Um relato, para nunca mais desistir, e saber todo o sacrifício feito, para não querer jogar fora…

O que essa vez tem de diferente? Os apoios televisivos, como o Programa Além do peso da Record. A minha meta passou a ser semanal, nessas 4 semanas não atingi a meta, teria sido desclassificada do programa, entenda o que está acontecendo comigo.

1) Desde o ano passado voltei a ter asma, e lógico, passei nove meses, usado remédio a base de corticóide, o que dificulta a perda de peso. Só tenho um mês que estou sem tomar o medicamento.

2) Descobri que são as alergias ao leite que são o gatilho da minha asma, então, cortei o consumo de leite líquido, só permaneci consumindo os derivados, como queijos e yogurte.

3) Estou caminhando quando saio do trabalho. Trago a roupa e vou para um parque que fica no caminho de casa. Isso me faz ter mais foco na atividade física. Tenho usado o frequencímetro para manter os batimentos cardíacos no intervalo para gastar calorias.

4) Tenho uma colega que está compartilhando comigo as frutas. São três porções diárias: 2 pela manhã e 1 pela tarde. Normalmente, tomo o café da manhã às 5hs40 e almoço ás 14hs, então preciso de dois lanche nesse intervalo. Temos nos esforçado para repetir o menos possível as frutas.

5) Estou procurando saladas diferentes. Achei um molho maravilhoso, SUNOMONO, depois conversamos sobre ele, pois é merecedor de um post especial.

Exames médicos – 23/03/2015
Glicose: 81,0 mg/dL
Colesterol Total: 128,0 mg/dL
Triglicérides: 90,0 mg/dL

Pesagens:
23/03/2015 82,400 Kg - 105 abdomen – 41 pescoço
29/03/2015 – 81,700Kg
07/04/2015 – 81,000Kg
16/04/2015 – 102 abdomen – 41 pescoço
23/04/2015 – 81,400Kg

Qual a minha forma de atividade física, não estou me permitindo ficar 3 dias seguidos sem caminhar. Por dois dias consegui: 1km(caminhada) + 3km (400m caminhada, 100m corrida) + 1 km (caminhada). Agora é conseguir manter para ampliar.

Isso mesmo apesar do meu esforço, subi um pouco do peso… Mas registro que não saí da dieta e nem fiz nenhum abuso.

Depois de muito analisar percebi que preciso tomar novas decisões (hoje):
1) Não consumir bebida industrializada, somente suco natural, chá e água.
2) Não consumir bebida no almoço.

 

 

Posted in Diário | Leave a comment

A alimentação saudável não tem espaço para o refrigerante

Algumas atitudes são indispensáveis para quem quer ter uma alimentação saudável, não consumir refrigerantes é uma delas, confira o vídeo abaixo e pensará 1000 vezes antes de tomar um gole de refrigerante novamente.

 

 

Posted in Alimentação, Curiosidades, Palavra do Especialista | Leave a comment

Lanchinho: Bolo de Ameixa com Aveia

Na busca de lanches saudáveis para evitar os alimentos industrializados e pensando em reduzir o consumo de leite e glúten, procurei uma alternativa e encontrei a receita de um bolo de ameixa com aveia. Muito saboroso! O difícil foi comer com moderação (mas consegui comer somente uma fatia)…. O branquinho em cima do bolo é que untei com margarina demais e a aveia grudou (kkkkkkk)…

BoloAmeixaAveia

 

Ingredientes

2 ovos

150 gr de ameixa sem caroço

1 xícara de óleo

1,5 xícara de farinha de aveia

1/2 xícara de aveia em flocos

1 xícara de açúcar mascavo

2 colheres de sopa de água

1 colher de sobremesa cheia de fermento

Modo de fazer

Bata os ovos, a ameixa e o óleo no liquidificador.

Numa tigela misture o açúcar, a farinha de aveia e a aveia em flocos e o fermento ao que foi batido no liquidificador. Coloque a água. E por fim o fermento.

Unte uma assadeira com margarina e farinha de aveia, e coloque a massa para assar em forno médio pré-aquecido em torno de 45 minutos.

Posted in Receitas, Uncategorized | Tagged , , | Leave a comment

Conhecendo a Reeducação Alimentar





Muita gente chega para mim e recomenda fazer a “reeducação alimentar”. Mas o que é isso? Resolvi buscar na internet…

O conceito está relacionado com o de ter hábitos saudáveis. Percebi que é como deveríamos comer sempre. É importante saber que “Reeducação alimentar não é dieta”, e acredito que o excesso de peso adquirido está relacionado a não seguir seus princípios.

Mas quais princípios?

- Beber de 8 a 10 copos de água por dia;
- Comer de 3 em 3 horas;
- Evitar o consumo de alimentos industrializados e fast-food;
- Substituir refrigerantes por sucos de frutas naturais;
- Incluir alimentos integrais no cardápio;
- Evitar o consumo de alimentos ricos em gordura como: frituras, carnes gordas, queijos amarelos, manteiga;
- Evitar o consumo de doces.

Uma coisa interessante é que a “reeducação alimentar” proposta por nutricionista para uma pessoa é diferente de para outras pessoas, isso porque o cardápio é preparado baseado no perfil de cada um e nas doenças preexistentes.

A combinação de alimentos das principais refeições é baseada na tabela alimentar (cereais, carboidratos, proteínas, açúcares, leguminosas, etc). Uma boa dica para começar é comer colorido.

Pirâmide Alimentar

A reeducação alimentar não proíbe o consumo de quaisquer alimentos, mas ensina a comer de forma variada e na quantidade ideal.

Para realizar a reeducação alimentar é importante procurar um nutricionista. Mas a internet ajuda também, claro, sempre!

Prato Colorido

Eu procurei uma nutricionista, e o interessante é que as primeiras perguntas que ela me fez correspondem exatamente aos princípios que pesquisei na internet. Venho perdendo pouquinho peso, mas deixei de ganhar, o que já é uma vitória, tenho melhores resultados quando consigo fazer atividade física. Mas o melhor resultado foi que em três meses minha glicemia baixou de 99 para 90, ou seja, ganhei saúde!!!!

Ah! Faça o teste “Você tem uma alimentação saudável”

Fonte:

Mais Equilíbrio

Tua Saúde

Corpo a Corpo

Posted in Alimentação | Tagged , , , | Leave a comment